Your Heading

rebostejos

sobre o rebostejos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam,

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

O Mundo
  http://youtu.be/h8R2kb97ZrM   O comercial da Pirelli acima é de 1991, e traz a dupla de pilotos Nelson Piquet e Roberto Pupo Moreno, que salvo engano protagonizou pela Benetton a última dobradinha brasileira na Fórmula 1. A música chama-se Il Mondo, e é cantada por Jimmy Fontana. Minha mãe tinha essa canção em um LP compacto em casa. Nas décadas de 60 e 70 músicas estrangeiras não faladas em inglês faziam muito sucesso no Brasil, mas isso se perdeu com o tempo. Hoje tenho muita dificuldade (na verdade, preconceito mesmo) para ouvir canções em francês ou italiano - mostra de que o empobrecimento cultural começou já na minha geração. A música na íntegra:    

3 thoughts on “O Mundo

  1. Wagner.

    Você já viu a propaganda do Campeonato Francês no Sportv? É uma que tem ao fundo um cara cantando um rap em francês, lembrou? Bom não sei o que pior o campeonato ou a música ou a propaganda.
    Abraços.
    Leo.

    1. Certa vez eu peguei o ônibus em Ribeirão Preto para São Paulo, e ao passar por Limeira paramos no posto Figueira Branca, que nem existe mais. Consegui sintonizar uma rádio FM e me espantei por ouvir um rap em italiano.Foi a pior merda que ouvi na vida.
      Minha mãe não tinha nenhum disco com aquilo.

      1. Bom não ouvi rap italiano, mas em francês é terrível, me lembrei de um amigo que achava que deviam haver leis (no plural, uma só é pouco) proibindo que qualquer pessoa em qualquer canto do mundo cantasse em francês. Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.