Your Heading

rebostejos

sobre o rebostejos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam,

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Amigo de verdade
    A cerveja estava gelada, o céu estava azul, uma brisa refrescava aquela tarde de verão e todos no bar estavam felizes comemorando o final de mais um dia de trabalho, exceto Pedro. O músico estava no auge da fama e os poucos momentos que podia passar entre amigos geralmente o deixavam muito feliz, mas naquele dia o desânimo foi mais forte. - Que cara é essa, meu velho? - perguntou Jonas, amigo de infância que já acompanhara muitas fases de altos e baixos de Pedro. - Ah, cara... Tá tudo tão... - Tá tudo o quê? Aconteceu alguma coisa? - perguntou Jonas enquanto enchia o copo. - Não aconteceu nada. Esse é o problema. - Como assim? - Nada acontece... Nada me inspira... -  Que é isso, cara! Você tá bombando, fazendo shows no Brasil inteiro, ganhando dinheiro como nunca... Isso sem falar na Ritinha, que é uma pessoa ótima, companheira de verdade! - É, eu sei, mas ... - Mas? - É que desde que a Lu foi embora... - Ah, não, cara! De novo a Lu? Para! Essa mulher nunca te deu valor, só te fez sofrer! Sorte sua que ela sumiu! - Eu sei de tudo isso que você está falando, mas gostava pra caramba da Lu... Ainda tenho saudade... - Pedro, mas e a Ritinha? A Ritinha é muito melhor pra você! - A Ritinha é muito boa, uma pessoa bacana, amiga... Mas a Lu, ah, a Lu... E tem outra coisa: o pé na bunda que ela me deu foi a melhor coisa que já me aconteceu. - Peraí... Vou encher outro copo antes que você me explique essa conversa sem noção... - Todas as músicas do meu disco novo foram fruto da minha relação com a Lu. Quando ela me chutou eu tive inspiração para os meus maiores sucessos. Só estou na mídia hoje por causa dela! - Quer dizer então que no final das contas você é grato pelo que ela te fez passar? - Sim! Quer dizer, não... Sei lá... A Lu era maravilhosa quando estava comigo, e foi tão ruim quando ela me deixou que até coisa boa consegui tirar dali... - Daqui seu copo! - Ele tá cheio ainda. - Eu sei, eu vou é tirar o copo de você porque já bebeu demais hoje. Pedro entregou o copo, suspirou e parou o olhar para fora do bar, divagando. Jonas não conseguia compreender o que se passava com o amigo, mas sentiu pena e foi para casa preocupado. *** Um mês depois, Pedro entra em casa e flagra algo aterrador: Ritinha e Jonas, na cama, completamente nus. Sua reação foi gritar de ódio e bater com a mão contra parede antes de olhar fixamente para os dois, cheio de amargura e decepção. Pego o violão, não disse uma palavra a saiu *** Tempos depois Pedro lançou um novo disco, que se tornou um sucesso instantâneo e consagrou o músico como grande astro. Na cerimônia de entrega do disco de platina Pedro agradeceu a poucas pessoas, mas fez questão de homenagear Jonas, que demonstrara ser o amigo que ele mais precisava.   ,  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.