Your Heading

rebostejos

sobre o rebostejos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam,

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Roteiro
   

Centro da cidade. Final de tarde. Antônio Tabet sai de um prédio e tira um chiclete do bolso. Após desembrulhar o chiclete ele faz o sinal para um táxi, mas para ao escutar alguém chamando:

.

VAGNER

- Seu Kibe! Seu Kibe! Me dê um minutinho de atenção, por favor!

TABET

- Era comigo que você estava falando?

VAGNER

- Sim, você não é o cara do Kibeloco? Então, eu queria mostrar pra você uma coisas que acho que vão se encaixar perfeitamente lá nos seus fundos.

TABET

(bravo)

- Que é isso, cara, você é maluco? Que história é essa?

VAGNER

- Ô, Kibe, você também não é  o dono do Portal dos Fundos? Queria mostrar uns roteiros que escrevi!

TABET

- Não é Portal dos Fundos, é Porta dos Fundos. E eu não sou dono de nada, sou um dos integrantes do grupo de criação...  E meu nome é Antônio.

VAGNER

- Tá certo, prazer, seu Antônio Kibe, meu nome é Vagner. Dê uma olhadinha aí nas coisas que eu escrevi, você vai ver que são muito legais, eu sou muito criativo... Não tanto quanto o senhor, é claro, que é o principal nome do Portador dos Fundos, a principal estrela do grupo, que carrega os outros nas costas...

TABET

- Nem me fale, vivo consertando as coisas que o Gregório escreve, pois se não... Mas deixa pra lá...  Olha, cara, eu recebo um monte de propostas dessas por dia, você nem imagina quanta gente me procura e enche meu saco com ideias sem graça.

VAGNER

- Ahá! Mais aí está a diferença! Eu estou enchendo o seu saco com umas ideias incríveis! Veja esse esquete por exemplo: dois caras narrando futebol, aí um deles está de mau humor porque na verdade são um casal e começam a discutir a relação ao vivo...

TABET

(surpreso)

- Peraí! Isso já foi feito! Nós fizemos, aliás!

VAGNER

- Já? Como?

TABET

- Como o quê?

VAGNER

- Como é que vocês pegaram a minha ideia?

TABET

- Que pegamos a sua ideia que nada! Esse quadro nós fizemos há meses!

VAGNER

- Hmm... sei... Tá, então tem esse outro, de dois cara no mictório que começam a discutir o tamanho da jereba...

TABET

- Ei! Esse nós já gravamos também! Eu mesmo protagonizei esse quadro!

VAGNER

- Sério? E você é o do pau pequeno ou o que ficava manjando o bilau do outro?

TABET

- Eu fui o que ficou olhando e dando palpite pro coitado...

VAGNER

- Bem gay isso aí, hein? Mas eu desconfiei mesmo desse seu jeito, desse negócio de quibe...

TABET

- Ei, rapaz! Que é isso, tá me estranhando, é?

VAGNER

- Calma, calma, não quero julgar nem ofender ninguém. É que foi chocante saber que os meus textos estão todos kibados...

TABET

(mais bravo)

- Kibados? Cê tá zoando com a minha cara!?!

VAGNER

- Ué, não é assim que fala quando alguém copia o outro na internet: "ele kibou minha ideia"?

TABET

(muito bravo)

- Seu filho da p... !

VAGNER

- Não fique bravo não, seu Kibe Antônio! Aposto que se conversarmos melhor vamos bolar alguma coisa, tipo... Ah, já sei! Que tal um quadro em que eu te encontro na rua e insisto em te mostrar um textos, mas só falo bobagem e você fica bravo comigo? Poderia ser gravado em qualquer lugar, eu só não quero que o Fabio Boechat faça o meu papel.

TABET

- Fabio o quê?

VAGNER

- Boechat... Aquele loirinho que faz o Shoptime. Ele tá muito fora de forma para fazer o meu personagem.

TABET

- É Fabio Porchat, e ele não... Olha,  essa sua ideia é muito batida, um monte de gente já pensou em coisas assim... É melhor deixar quieto e esquecer porque nós nunca vamos filmar isso.  

Ambos olham para a câmera  e sorriem.

Corte rápido para um quarto escuro. Apenas a luz do monitor ilumina o recinto. Wagner está assistindo o quadro do Porta dos Fundos no computador com ar de surpreso. Depois que aparecem Antonio Tabet e Vagner sorrindo para a câmera, ele olha para a tela e diz:

.

WAGNER

- Putaquepariu! Fui kibado!

FIM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.