Your Heading

rebostejos

sobre o rebostejos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam,

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

TeXtículos Sociais
  A foto do post anterior é uma imagem do Instagram. A partir de agora as novas fotos adicionadas àquela rede social estarão integradas ao blog e serão publicadas em forma de post numa categoria batizada de Instantâneos. As fotos também continuarão a ser expostas aleatoriamente na coluna à direita, na seção "Instagrams", e caso você tenha curiosidade de ver toda a galeria, pode clicar aqui. *** O Instagram é hoje a rede social mais interessante de todas, já que utiliza-se apenas de fotos. Gosto muito do Twitter também, que exige objetividade com sua limitação de 140 caracteres, mas infelizmente a maioria dos meus amigos agora só quer saber do Facebook, que é centralizador e egocêntrico. Os tuítes que de vez em quando faço também podem ser visualizados na coluna à direita, na seção Tuitadas. *** O Google+ não deu em nada, e o Orkut, aonde mantenho uma conta à deriva, é um zumbi -  o que o Facebook deve se tornar daqui a algum tempo. Muita gente tem deixado de acompanhar o "feice", e eu mesmo praticamente só o utilizo pelo celular, para postar fotos ou divulgar o blog (e os resultados são bem discutíveis, mas aí a culpa acho que é minha). O Facebook sofre pela sua megalomania, pois agrega informação demais. O problema é que desse mundaréu de coisas que invade nossas timelines poucas são realmente interessantes, e filtrar o conteúdo relevante exige tempo e paciência, duas coisas que cada vez tenho menos. *** Embora surjam novos serviços e novos meios de integração, o que realmente funciona entre meus amigos de faculdade (os caras do Mesa Redonda) é o bom e velho email aberto, com cópias para todos. Os moderninhos dirão que é mais anacrônica forma de comunicação da era digital, mas talvez por isso mesmo é a que mais combina conosco.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.