Your Heading

rebostejos

sobre o rebostejos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam,

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Perdidos no espaço

- Já estou pronta? Vamos!

- Que tal irmos ao cinema?

- Cinema? De novo, não!

- Ah, quer saber, não me leve a mal, mas então me leve para casa.

- Por quê? O que houve de errado?

- Eu achei que estar ao se lado bastaria, mas...

- Mas?

- É tolice, eu sei, mas você não sente os meus passos.

- Não estou entendendo aonde você quer chegar!

- Talvez eu seja o último romântico, mas no seu olhar não vejo um louco amor. A emoção acabou.

- Como assim?

- Você não soube me amar. Você nunca me ligou numa tarde vazia, nunca me vez ver mágica no absurdo. Nunca precisei te esconder a verdade, nem inventar uma briga, nem dizer que não estava.

- Não acredito no que estou ouvindo!

- Acho que se a gente não tivesse feito tanta coisa, se não tivesse tido tanta pressa... Mas não imagine que te quero mal, apenas... não te quero mais.

- Então quer dizer que tudo o que vivemos foi desperdício?

- Não, não foi tempo perdido...

- É assim? Pois eu também não sei o que sinto por você. Um dia a gente se vê.

Ela vai embora e ele lamenta, não pelo fim, mas por não conseguir pensar em uma canção que um dia o fará lembrar de tudo o que viveram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.