Your Heading

rebostejos

sobre o rebostejos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam,

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Techerinha, um homem de grande talento

Techerinha foi muito melhor do que Garrincha. E muito maior, também. Embora o craque das pernas tortas tenha fama de bem dotado, ele era um oriental quando comparado a Techerinha, que sempre soube tirar vantagem dessa sua exuberância em campo. Várias são as passagens pintorescas, digo, pitorescas, dentro e fora das quatro linhas, em razão desse outro talento.

Certa vez o Presidente do JAC DA FLORESTA, o Engenheiro Doutor Marco Assoni Lago, procurou Techerinha para tomar satisfações. Disse ele que alguns jogadores estavam incomodados com a curiosa forma pela qual o craque se masturbava no vestiário, depois de tomar banho. O Magnânimo deu risada e explicou, com seu jeito simples: “Não é nada disso, Seu Eng. Dr., eu não punheto, não! É que eu num acustumo com o tar de cotonéti, por isso uso a chapeleta pra secar os orvido!”.

Esse seu avantajamento era muito útil dentro de campo. Bastava um zagueiro encostar na marcação pra que o craque ameaçasse: “Hmmm, roça não qui créci!”. Era o suficente para fazer o adversário afastar-se, deixando-o livre para jogar como bem sabia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.