nov 302012
 

 

Para o Bono, Roy Orbison tinha a mais bela voz do rock:

 

 

O Van Halen fez uma versão “anos 80”, com um clipe no qual uma “liga extraordinária” é reunida para resgatar a “bela” donzela”:

 

 

E o Ray Connif (!) tocou a canção para a Ana Maria Braga (!?!)

 

 

‘Cause I need you I’ll treat you right
Come with me baby be mine tonight

 

PS: Outro dia eu conto da história de Ray Connif em Franca

 

out 272012
 

 

Eu já contei que quando cheguei em Franca fiquei quase um mês na casa do Adolfo, antes de montarmos a república.

Embora eu tenha sido extremamente bem tratado lá, os primeiros dias em uma cidade estranha não foram muito fáceis. Eu ainda não tinha amigos na faculdade e todos na casa do Adolfo trabalhavam, então eu passava o dia todo sozinho.

Uma tarde eu estava mexendo nos LPs do meu anfitrião e encontrei um disco com essa música que tem a frase “Essa casa não é minha e nem é meu esse lugar”. Os primeiros dias de minha travessia em Franca ficaram marcados por Milton Nascimento.

Lembrei dessa canção nesses últimos dias, que em sua versão original é sem dúvida alguma uma das mais belas da MPB:

 

 

Elis Regina também cantou Travessia, e a sua interpretação adicionou uma carga maior de drama e tristeza:

 

 

E até a islandesa Bjork gravou uma versão, cheia de sotaque e simpatia:

 

 

Vou seguindo pela vida…

 

ago 152012
 

 

A canção original é do John Lennon, e os Beatles gravaram para o ábum Magical Mystery Tour:

 

 

O Oasis gravou uma versão ao vivo para o álbum The Masterplan:

 

 

E como se não bastasse a letra da música ser propositalmente sem sentido, veio o Flaming Lips e fez  uma gravação tosca e alucinada

 

 

Sitting on a corn flake…