ago 252013
 

 

coringa piada mortal

 

Duas grandes polêmicas abalaram Gotham City nesta última semana.

Primeiro foi a entrevista do quadrinista Grant Morrison, que afirmou ser óbvio que Batman matou o Coringa no final de A PIADA MORTAL. Escrita por Allan Moore, esta graphic novel foi lançada em 1988 e é um verdadeiro clássico, tendo estabelecido paradigmas para o homem-morcego.

O ilustrador da história, Brian Bolland, também compartilha dessa interpretação mortífera, e agora os fãs se dividem entre o “eu já sabia” e “não, não é possível”, já que a história entrou para a cronologia do Batman e vilão voltou a aparecer depois.

De minha parte, digo que já reli A PIADA MORTAL centenas de milhares de vezes e juro que nunca tinha entendido que o Coringa morria no final.

No Trabalho Sujo tem muito mais detalhes sobre o caso, que só será devidamente esclarecido se Allan Moore um dia se pronunciar.

 

 

batman ben afleck

 

A outra polêmica foi a escolha de Ben Affleck para o papel do Batman nos próximos filmes.

Esse ator já protagonizou o filme do Demolidor, considerado uma bomba, mas não é por isso que não gostei da escolha – apesar do Demolidor ser um dos meus personagens preferidos, foram tantas críticas ruins que eu nunca ousei vê-lo.

Acho que Ben Affleck não tem cara de Bruce Wayne, que é o que importa – com máscara, até eu interpreto o Batman.

Christian Bale interpretou muito bem o Morcegão nos três filmes da última trilogia, mas parece que não tinha interesse em continuar, o que é uma pena.

 

***

.

Sobre minha epifania com o Caveleiro das Trevas, clique aqui.

 

.