nov 192013
 

 

curtir

 

Minha conta no Facebook foi desativada. De repente, depois de mais de três anos de uso da rede social, descobriram que não sou “qualificado” para fazer parte do mundinho do Mark Zuckerberg.

Não sei o que aconteceu e eles não explicaram. Disseram que não poderiam oferecer informações sobre a razão da desativação “por motivos de segurança”. Devo ter feito algo bem grave então para ter um julgamento sumário, sem direito à defesa e sem fundamentação. Só me resta esperar a Interpol invadir minha sala pela janela.

Eu já tinha feito minhas considerações sobre o Facebook neste post aqui, e quem viu “A Rede Social” (grande filme, aliás) sabe que o Zuckerberg é um garoto inseguro e mimado. Talvez minha desativação tenha ocorrido por eu ter sido contundente demais em minhas críticas. Pode ser também que o garoto bilionário esteja com medo do crescimento do Rebostejos.

O interessante é que eu tinha mais de 200 amigos no Facebook, mas duvido que 5% deles vão dar conta de que eu não continuo na rede. Estamos todos conectados, mas diluídos.

Pensei em deixar o Facebook definitivamente de lado, mas para alguns outros serviços da internet ele pode fazer falta, então talvez eu crie uma nova conta, não sei ainda. Por enquanto continuo no Instagram, no Twitter e, principalmente, aqui no Rebostejos. Também não tenho qualificação para manter esse blog, mas pelo menos eu sei dos motivos disso.

Pra finalizar, um “curtir” especial para o Zuckerberg:

 

curtir f you